Surpresas no Caminho

Ruairidh McGlynn

Depois de muito andar,
Encontro a preciosa semente.
Alegria sem fim transborda meu coração.
Afasto as pedras
para plantá-la num terreno ermo.
Junto, quase enterro minha esperança.
Apesar de não vê-la,
Entendo o processo,
Minha semente precisa morrer…
Vou regá-la com minhas lágrimas…
A espera fustiga meu coração
Por vezes, chego a duvidar
Quando, num sopro divino,
ela brota e cresce.
Poderia passar por uma planta comum
Mas, a impossibilidade do terreno
fez dela
rara.

LisLand

Anúncios

4 comentários

  1. Ana Teixeira · janeiro 28

    Que lindo poema! Convite para seguir o blog!

    Curtido por 1 pessoa

  2. Ellem · janeiro 30

    Que lindo! Maravilhosa descrição de uma caminhada.

    Abraços!

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s