MULHERES DA BÍBLIA 2018: Abril

Continuamos os estudos sobre as mulheres da Bíblia durante o mês de abril.

Para saber como funciona o estudo CLICA AQUI, para acompanhar o plano bíblico em ordem cronológica CLICA AQUI, para acessar a lista de livros das mulheres da Bíblia, clica nesse outro link: MULHERES DA BÍBLIA 2018

Se você ainda não viu a postagem do mês de janeiro e de fevereiro, que somam 45 fichas de mulheres da Bíblia clica nesses links:
MULHERES DA BÍBLIA 2018: Janeiro 1-17
MULHERES DA BÍBLIA 2018: Fevereiro 18-32
MULHERES DA BÍBLIA 2018: Março 33-45

Acompanhe também no Telegram meditações de segunda a sexta sobre as mulheres da Bíblia: @lisland

Abaixo vamos continuar a lista com a numeração e dados das mulheres da Bíblia.

LISTA:

46. A mulher cuxita

47. As esposas de Corá, Datã e Abirão

48. Cosbi e as mulheres de Peor

49. Maalá, Noa, Hogla, Milca e Tirza

50. Mulheres israelitas das terras daquém do Jordão

TOTAIS EM NÚMEROS

51. As mulheres amorreias

DIREITOS E DEVERES DAS MULHERES EM DEUTERONÔMIO

52. Raabe

53. A mãe e as irmãs de Raabe

54. As Mulheres de Jericó

55. As filhas de Acã

56. Acsa

57. Cananeias, heteias, amorreias, perizeias, heveias e jebuseias

58. As mulheres de Ai

FICHAS DE DADOS:

46. MULHER DA BÍBLIA: A mulher cuxita

REFERÊNCIA BÍBLICA: Números 12:1-16

SIGNIFICADO DO NOME: Seu nome não é mencionado.

LOCAL: Etiópia e deserto

ÉPOCA: ~ 1461 a.C.

RELACIONAMENTO COM DEUS:

  • A Bíblia não relata seu relacionamento com Deus.

RELACIONAMENTOS COM O PRÓXIMO:

  • ESPOSO: Moisés

  • CUNHADOS: Miriã e Arão

RESUMO DA VIDA:

Natural de Cuxe, ou Etiópia, uma região que ficava ao sul do rio Nilo, se tornou a segunda esposa de Moisés (provavelmente após a morte de Zípora). Champlin (2002), acredita que ela era de origem semita, mas de descendência árabe. Foi mencionada na Bíblia pelo descontentamento que a união causou aos irmãos de Moisés, pois segundo o Pacto Abraâmico (Gn 15:19-21) os povos listados seriam expulsos da terra e a nação santa não podia contrair matrimônio com eles. Nesse ponto, Miriã e Arão estavam corretos em se queixarem, entretanto, essa era uma pequena parte do problema. Eles se rebelaram contra a autoridade e liderança de Moisés, que havia sido outorgadas por Deus, utilizando a cuxita como desculpa. Moisés continuou casado com a cuxita, continuou sendo o líder e Miriã e Arão foram severamente repreendidos por Deus.

PROPÓSITO:

  • A união da cuxita com Moisés, pôs à prova as intenções ruins de Miriã e Arão.

REFERÊNCIAS CONSULTADAS:

A BÍBLIA EM ORDEM CRONOLÓGICA: Nova Versão Internacional/edição autorizada da obra de Edward Reese (org.); tradutor Judson Canto (títulos e textos explicativos). São Paulo: Editora Vida, 2003.

BÍBLIA DE ESTUDO DA MULHER DE FÉ: Nova Versão Internacional. Editora Geral: Jean E. Syswerda. Tradução: Cecília Eller. São Paulo: Editora Vida, 2014.

CHAMPLIN, Russell Norman. DICIONÁRIO A-Z. São Paulo: Hagnos, 2001. Vol. 6 e 7.

CHAMPLIN, Russell Norman. O ANTIGO TESTAMENTO INTERPRETADO: VERSÍCULO POR VERSÍCULO: Jó. São Paulo: Hagnos, 2001. Vol. 3.

47. MULHERES DA BÍBLIA: As esposas de Corá, Datã e Abirão

REFERÊNCIA BÍBLICA: Números 16:27

SIGNIFICADO DO NOME: Seus nomes não são mencionados

LOCAL: Deserto

ÉPOCA: 1461 a.C.

RELACIONAMENTO COM DEUS:

  • Junto com seus maridos se rebelaram contra Deus

RELACIONAMENTOS COM O PRÓXIMO:

  • Corá, Datã, Abirão, Moisés e Arão

RESUMO DA VIDA:

Corá, um levita descendente de Coate, mas não de Anrão – a linhagem separada para o sacerdócio, junto a Datã e Abirão, da tribo de Rúben, conseguiram persuadir mais 250 príncipes e líderes com suas esposas, contra a liderança de Moisés e Arão. Eles se rebelaram contra uma ordem de Deus e presunçosamente acharam que podiam instituir uma nova ordem política e religiosa e ainda contar com a presença de Deus. As esposas desses homens aprovaram e apoiaram essa ideia. Quando o SENHOR entrou com o julgamento, Corá, Datã, Abirão e suas respectivas esposas foram engolidos vivos pela terra.

PROPÓSITO:

  • Serviram de exemplo para mostrar ao povo de Israel que os rebeldes não subsistem no meio do povo de Deus.

DEVO EVITAR:

  • Não posso apoiar ideias opostas às de Deus, mesmo que elas sejam apregoadas por meu marido.

REFERÊNCIAS CONSULTADAS:

A BÍBLIA EM ORDEM CRONOLÓGICA: Nova Versão Internacional/edição autorizada da obra de Edward Reese (org.); tradutor Judson Canto (títulos e textos explicativos). São Paulo: Editora Vida, 2003.

BÍBLIA DE ESTUDO DA MULHER DE FÉ: Nova Versão Internacional. Editora Geral: Jean E. Syswerda. Tradução: Cecília Eller. São Paulo: Editora Vida, 2014.

CHAMPLIN, Russell Norman. O ANTIGO TESTAMENTO INTERPRETADO: VERSÍCULO POR VERSÍCULO: Números. São Paulo: Hagnos, 2001. Vol. 1.

48. MULHERES DA BÍBLIA: Cosbi e as mulheres de Peor

REFERÊNCIA BÍBLICA: Números 25

SIGNIFICADO DO NOME: Cosbi, princesa midianita, a única das mulheres de Peor citada por nome. Seu nome significa “Volúpia”.

LOCAL: Campinas de Moabe

ÉPOCA: 1423 a.C.

RELACIONAMENTO COM DEUS:

  • Inimigas de Deus, viviam uma vida imoral e idólatra.

RELACIONAMENTOS COM O PRÓXIMO:

  • Cosbi, filha do líder midianita, Zur, se relacionou sexualmente com o príncipe simeonita, Zimri

  • As moabitas e as midianitas envolveram os israelitas em suas práticas religiosas e imorais.

RESUMO DA VIDA:

Moabe, filho de Ló com sua filha mais velha (Gn 19:30-18), e Midiã, filho de Abraão com Quetura (Gn 25:1-2), se tornaram inimigos de Deus e do povo ao qual tinham parentesco. Eles tinham seus próprios deuses, eram imorais e totalmente contrários a Deus. Quando o rei de Moabe, Balaque, viu o grande povo de Israel se aproximar de seu território, aliou-se aos líderes midianitas (Nm 22:4) para procurarem uma forma de derrotá-los. Balaão foi chamado para amaldiçoar o povo, como não conseguiu proferir palavras de maldição, conseguiu amaldiçoar o povo por meio da festa pagã concedida aos israelitas. Nessa festa, os moabitas e midianitas introduziram suas práticas religiosas e imorais. Baal-Peor foi o deus ao qual os israelitas adoraram, por isso esse acontecimento é chamado na Bíblia de o “Negócio de Peor” (Nm 25:18). Vinte e quatro mil israelitas morreram pela praga que o SENHOR enviou e muitos príncipes e pessoas que não morreram da praga foram mortos enforcados e a fio da espada. Mesmo vendo todo o mal que o povo havia praticado, Zimri, príncipe simeonita, acedeu aos seus desejos carnais e trouxe à sua tenda a princesa midianita, Cosbi, para abertamente assumirem seus pecados. O sacerdote Finéias, entrou na tenda onde eles estavam praticando o ato sexual e os transpassou na barriga com uma lança. Somente após a morte de Zimri e Cosbi que a praga cessou. Deus prometeu bênçãos para Finéias e sua descendência devido ao ato zeloso. O SENHOR proibiu que moabitas participassem das assembleias santas até a 3ª geração (Dt 23:3-4), e ordenou o extermínio dos midianitas (Nm 25:16-18).

PROPÓSITO:

  • O propósito original desse povo era de serem preservados, pois Deus havia dito que as terras deles eram intocáveis e Israel receberia a sua própria herança. Mas, como os moabitas e midianitas tentaram e fizeram cair o povo de Deus, foram punidos tal como as outras nações que o SENHOR já havia prometido expulsar de suas terras. O episódio de Peor foi uma mostra do quanto somos fracos e facilmente caímos em tentação se concordarmos com as práticas de quem não serve a Deus.

DEVO EVITAR:

  • Não posso ser pedra de tropeço para um homem de Deus, vivendo em lascívia, sensualidade e imoralidade;

  • Não posso influenciar pessoas a praticarem algo contra a vontade de Deus. O pecado traz a morte.

REFERÊNCIAS CONSULTADAS:

A BÍBLIA EM ORDEM CRONOLÓGICA: Nova Versão Internacional/edição autorizada da obra de Edward Reese (org.); tradutor Judson Canto (títulos e textos explicativos). São Paulo: Editora Vida, 2003.

BÍBLIA DE ESTUDO DA MULHER DE FÉ: Nova Versão Internacional. Editora Geral: Jean E. Syswerda. Tradução: Cecília Eller. São Paulo: Editora Vida, 2014.

CHAMPLIN, Russell Norman. DICIONÁRIO A-Z. São Paulo: Hagnos, 2001. Vol. 6 e 7.

CHAMPLIN, Russell Norman. O ANTIGO TESTAMENTO INTERPRETADO: VERSÍCULO POR VERSÍCULO: Números. São Paulo: Hagnos, 2001. Vol. 1.

49. MULHERES DA BÍBLIA: As 5 filhas de Zelofeade: Maalá, Noa, Hogla, Milca e Tirza

REFERÊNCIA BÍBLICA: Números 26:33; Números 27:1-11; Números 36:2,6,10-12

SIGNIFICADO DO NOME:

Maalá (ou Macla): “Enfermidade”

Noa: “Descanso”

Hogla: “Uma perdiz”

Milca: “Rainha” ou “Conselho”

Tirza: “Prazer”

LOCAL: Deserto e Canaã

ÉPOCA: 1423 a.C.

RELACIONAMENTO COM DEUS:

  • Eram mulheres tementes a Deus.

  • Deus as ouviu e concedeu o pedido delas.

RELACIONAMENTOS COM O PRÓXIMO:

  • PAI: Zelofeade

  • ESPOSOS: Primos manassitas

  • Pessoas envolvidas: Moisés, Josué, príncipes de Manassés

RESUMO DA VIDA:

Maalá, Noa, Hogla, Milca e Tirza eram filhas de um príncipe da tribo de Manassés, portanto eram princesas. Por serem mulheres, eram princesas sem herança. Quando o pai delas morreu, elas ainda estavam solteiras. Crendo que Deus lhes daria a terra prometida, elas se colocaram diante de Moisés e líderes de Israel, para fazer um sábio e importante pedido: elas queriam receber a herança que seria destinada ao seu pai se estivesse vivo ou se tivesse um filho, para que seu pai tivesse um memorial em Israel. Moisés considerou a questão diante do SENHOR e obteve a resposta: elas mereciam receber a herança. Com essa resposta, os príncipes de Manassés se atentaram ao fato de que se elas se casassem com homens de outra tribo, a herança passaria para outra tribo e o território de Manassés seria diminuído. Novamente, Moisés apresenta a questão ao SENHOR e recebeu a resposta: elas podiam receber a herança com a condição de se casarem com homens de seu próprio clã (primos da tribo de Manassés). Elas obedeceram a condição e anos mais tarde, no momento da partilha das heranças, elas se colocaram novamente diante dos líderes de Israel (dessa vez, diante de Josué, pois Moisés já tinha falecido) para requisitar seus direitos. Maalá, Noa, Hogla, Milca e Tirza viram todas as promessas de Deus se cumprirem, elas receberam sua porção na sonhada Canaã.

PROPÓSITO:

  • O propósito da atitude dessas 5 mulheres foi a de implementar uma lei em Israel favorável à memória do pai que só tivesse filhas, preservando sua herança.

DEVO IMITAR:

  • Devo imitar a coragem dessas mulheres, levando minhas causas ao meu líder espiritual;

  • Devo ter sabedoria quando tiver de fazer um pedido muito importante para mim;

  • Devo imitar a visão e esperança dessas 5 mulheres, em acreditar que a situação podia mudar favoravelmente para elas;

  • Devo imitar o zelo pela memória e herança da família, obedecendo todas as condições impostas pela lei.

DESTAQUE

“[…] As filhas de Zelofeade tem muito a nos dizer – porém, não na área de direitos da mulher, como a expressão é entendida popularmente! Há outros textos do Antigo Testamento que seriam mais apropriados, caso quiséssemos algo nessa área. Elas não estavam tão interessadas em direitos como tais; estavam interessadas na bênção que são as promessas de Deus concretizadas em suas vidas. E essa me parece ser a opção verdadeira para a mulher de hoje também. […]”

Joyce Elizabeth W. Every-Clayton, em “Fale, Mulher”

REFERÊNCIAS CONSULTADAS:

A BÍBLIA EM ORDEM CRONOLÓGICA: Nova Versão Internacional/edição autorizada da obra de Edward Reese (org.); tradutor Judson Canto (títulos e textos explicativos). São Paulo: Editora Vida, 2003.

BÍBLIA DE ESTUDO DA MULHER DE FÉ: Nova Versão Internacional. Editora Geral: Jean E. Syswerda. Tradução: Cecília Eller. São Paulo: Editora Vida, 2014.

CHAMPLIN, Russell Norman. DICIONÁRIO A-Z. São Paulo: Hagnos, 2001. Vol. 6 e 7.

CHAMPLIN, Russell Norman. O ANTIGO TESTAMENTO INTERPRETADO: VERSÍCULO POR VERSÍCULO: Números. São Paulo: Hagnos, 2001. Vol. 1.

EVERY-CLAYTON, Joyce Elizabeth W. FALE, MULHER. Brasília: Rede de Mobilização de Mulheres, 1998.

50. MULHERES DA BÍBLIA: Mulheres israelitas das terras daquém do Jordão

REFERÊNCIA BÍBLICA: Números 32:17, 24, 26

SIGNIFICADO DO NOME: Seus nomes não são citados.

LOCAL: Campos de Jazer e Gileade

ÉPOCA: 1430 a.C.

RELACIONAMENTO COM DEUS:

  • Mulheres tementes a Deus.

RELACIONAMENTOS COM O PRÓXIMO:

  • Mulheres das tribos de Gade, Rúben e metade de Manassés

RESUMO DA HISTÓRIA:

Os chefes das tribos de Gade, Rúben e metade de Manassés acharam por bem ficar nos campos de Gileade, por verem que era o lugar ideal para a criação do gado. Eles prometeram a Moisés e a Josué de se juntarem aos seus irmãos e conquistar a Terra Prometida e só voltar para suas mulheres e filhos quando todos estivessem em seus territórios (a lei do SENHOR proibia de mulheres irem à guerra, por isso elas deviam ficar em casa protegidas). Essas mulheres concordaram em se estabelecer no local que seus maridos escolheram e acreditaram que seriam muito prósperas ali. Enquanto os homens guerreavam, elas certamente permaneciam vigilantes até a completa vitória.

PROPÓSITO:

  • Elas foram fiéis a Deus e aos seus maridos enquanto esperavam a volta triunfal deles para casa.

DEVO IMITAR:

  • Devo imitar a paciência e confiança dessas mulheres na espera.

REFERÊNCIAS CONSULTADAS:

A BÍBLIA EM ORDEM CRONOLÓGICA: Nova Versão Internacional/edição autorizada da obra de Edward Reese (org.); tradutor Judson Canto (títulos e textos explicativos). São Paulo: Editora Vida, 2003.

BÍBLIA DE ESTUDO DA MULHER DE FÉ: Nova Versão Internacional. Editora Geral: Jean E. Syswerda. Tradução: Cecília Eller. São Paulo: Editora Vida, 2014.

CHAMPLIN, Russell Norman. DICIONÁRIO A-Z. São Paulo: Hagnos, 2001. Vol. 6 e 7.

CHAMPLIN, Russell Norman. O ANTIGO TESTAMENTO INTERPRETADO: VERSÍCULO POR VERSÍCULO: Números. São Paulo: Hagnos, 2001. Vol. 1.

TOTAIS EM NÚMEROS

NOMES

MULHERES ANÔNIMAS

TEMAS FEMININOS

  1. Cosbi

  2. Hogla

  3. Joquebede

  4. Macla

  5. Milca

  6. Miriã

  7. Noa

  8. Sera

  9. Tirza

  1. A esposa cuxita de Moisés

  2. A esposa de Abirão

  3. A esposa de Corá

  4. A esposa de Datã

  5. Moabitas e midianitas do negócio de Peor

  6. Mulheres das tribos de Rúben, Gade e metade de Manassés

  1. A mulher como despojo de guerra

  2. A mulher e o nazireado

  3. A mulher e o voto

  4. A mulher suspeita de adultério

  5. Ama

  6. Filhas de sacerdotes

  7. Mulheres impuras

  8. Mulheres que prejudicaram alguém

51. MULHERES DA BÍBLIA: Mulheres amorreias

REFERÊNCIA BÍBLICA: Deuteronômio 2:34; Deuteronômio 3:6

SIGNIFICADO DO NOME: Amorreus significa “povos das montanhas”.

LOCAL: Hesbom e Basã

ÉPOCA: 1423 a.C.

RELACIONAMENTO COM DEUS:

  • Elas eram inimigas de Deus.

RELACIONAMENTOS COM O PRÓXIMO:

  • Os amorreus, anteriormente, haviam vencido os moabitas e tomado suas terras.

RESUMO DA VIDA:

Essas mulheres faziam parte do povo amorreu, um povo cruel e transgressor aos princípios de Deus. Eles receberam avisos e um longo tempo para se arrependerem

PROPÓSITO:

  • Elas não viveram os propósitos de Deus para elas. Morreram pelos seus pecados.

DEVO EVITAR:

  • Não posso concordar nem praticar os erros de minha família ou círculo de amigos, para também não receber a punição no coletivo.

REFERÊNCIAS CONSULTADAS:

A BÍBLIA EM ORDEM CRONOLÓGICA: Nova Versão Internacional/edição autorizada da obra de Edward Reese (org.); tradutor Judson Canto (títulos e textos explicativos). São Paulo: Editora Vida, 2003.

BÍBLIA DE ESTUDO DA MULHER DE FÉ: Nova Versão Internacional. Editora Geral: Jean E. Syswerda. Tradução: Cecília Eller. São Paulo: Editora Vida, 2014.

CHAMPLIN, Russell Norman. O ANTIGO TESTAMENTO INTERPRETADO: VERSÍCULO POR VERSÍCULO: Deuteronômio. São Paulo: Hagnos, 2001. Vol. 2.

MCNAIR, S. E. PEQUENO DICIONÁRIO BÍBLICO. Tradução: Degmar Ribas. CPAD: Rio de Janeiro, 2012.

TEMA FEMININO EM DEUTERONÔMIO: Direitos e Deveres das Mulheres

DIREITOS

DEVERES

PROIBIÇÕES

Dt 3:19 Mulheres e crianças dispensadas da guerra

Dt 5:14 Filha ou serva devem guardar o sábado

Dt 4:16 Proibido ídolos à semelhança do homem ou mulher

Dt 14:29 Viúvas recebem alimento dos dízimos das colheitas armazenadas no 3º ano

Dt 5:16 Honrar a mãe

Dt 5:21 proibido cobiçar a mulher ou serva do próximo

Dt 15:12 Mulher vendida como serva recebe a liberdade no 7º ano

Dt 12:12 e 18 Filhas e servas celebram diante do SENHOR no Tabernáculo

Dt 7:3 Filhas israelitas não podem se casar com os filhos das nações, nem os filhos israelitas com as filhas das nações

Dt 16:11 e 14 Filhas, servas e viúvas têm o direito de celebrar as Festas das Semanas e a das Cabanas

Dt 15:17 A escrava que não quiser deixar seu senhor, furará a orelha e será escrava para o resto da vida

Dt 12:31 proibido queimar filhas em sacrifícios a deuses

Dt 20:7 Direitos da recém-casada

Dt 21:18-21 O pai e a mãe do filho rebelde

Dt 13:6 Proibido uma filha ou esposa instigar adoração a outro deus (pena de morte)

Dt 21:10-14 Direitos das mulheres cativas (Dt 20:14)

Dt 22:13-30 Deveres das mulheres no casamento (virgem, jovem prometida em casamento, mulher do pai)

Dt 23:17-18 proibido a prostituição cultual

Dt 21:15-17 Direito das esposas de um mesmo homem

Dt 27:15-26 Maldições para quem cometesse as coisas proibidas

Dt 22:13-30 Direitos das mulheres no casamento (virgem, jovem prometida em casamento, mulher do pai)

Dt28:30, 32, 41, 53, 56, 57; Dt 32:19,25 Maldição para as mulheres quando o povo desobedecesse

Dt 24:1-4 Direitos da mulher divorciada

Dt 24:17-22, 26:12-13 Direitos das viúvas

25:5-10 Direito da viúva sem filhos de se casar com o cunhado

52. MULHER DA BÍBLIA: Raabe

REFERÊNCIA BÍBLICA: Josué 2:1-21; Josué 6:17, 22, 23, 25

SIGNIFICADO DO NOME: Os significados no hebraico variam entre “Tempestade”, “Ferocidade”, “Arrogância”. Em grego a palavra que descreve Raabe é porne, que significa “meretriz”.

LOCAL: Jericó e Israel

ÉPOCA: 1422 a.C.

RELACIONAMENTO COM DEUS:

  • Raabe ao ouvir falar sobre os feitos do Deus de Israel, creu nEle e foi por Ele galardoada.

RELACIONAMENTOS COM O PRÓXIMO:

  • ESPOSO: Salmon

  • FILHO: Boaz

  • BISNETO: Davi

  • Pessoas envolvidas: Os pais e irmãos de Raabe não tem seus nomes registrados; Josué; 2 espias, soldados do rei de Jericó.

RESUMO DA VIDA:

Raabe foi uma prostituta cananeia, que ao ouvir sobre os grandes feitos do Deus de Israel se converteu a Ele em seu coração. Providencialmente, os dois espias enviados secretamente por Josué, chegou à sua casa. Ela os protegeu, ajudou e firmou uma aliança com o povo de quem seu povo era inimigo. A aliança consistia em que Raabe não delatasse os espias, que trouxesse toda sua família à sua casa e que estendesse o cordão escarlate como sinal da casa que não deveria ser tocada pela espada. Deus milagrosamente salvou a Raabe e toda sua família. Todo o muro caiu, somente a casa com o cordão escarlate ficou de pé. Raabe foi integrada à nação israelita de uma forma maravilhosa, ela de casou com o príncipe da tribo de Judá, concebeu Boaz, foi a bisavó do rei Davi, e por fim, foi ascendente de Jesus.

PROPÓSITO:

  • O propósito da vida de Raabe foi cumprido a partir do momento em que ela creu no Deus Jeová. A história dela foi mudada, sua coragem e fé foram recompensadas com a salvação de toda sua família e com o futuro de honra de sua nova casa.

DEVO IMITAR:

  • Devo imitar a fé e temor de Raabe ao único Deus Salvador e galardoador;

  • Devo me aliar ao lado certo, mesmo quando todos estiverem na oposição;

  • Posso usar minha criatividade e eficiência para resolver situações em tempos de crise;

  • Preciso acreditar que Deus perdoa o pior dos meus pecados por Sua graça.

DESTAQUE

“[…] “Os sãos não precisam de médico, e sim os doentes; não vim chamar os justos, e sim pecadores” (Mc 2.17). Raabe é a própria encarnação dessa verdade. É por essa razão que, repetidas vezes, o Novo Testamento a menciona como exemplo de vida do fruto da fé salvadora. Ela é um lembrete vivo de que até mesmo os piores pecadores podem ser redimidos pela graça divina por meio da fé. […] Raabe não foi redimida por qualquer obra meritória que tenha praticado. Ela não obteve o favor de Deus pelas suas boas obras. […] Raabe não é uma lição sobre como melhorar a nós mesmos pela autoajuda. Ela é um lembrete de que Deus, por sua graça, pode redimir até a vida mais horrível. […] O fato perturbador sobre o que outrora ela havia sido simplesmente aumenta a glória da graça divina, que foi o que a transformou nessa mulher notável que ela foi. Essa é, afinal, a lição de toda a sua vida.”

John MacArthur, em “Doze Mulheres Notáveis”

REFERÊNCIAS CONSULTADAS:

A BÍBLIA EM ORDEM CRONOLÓGICA: Nova Versão Internacional/edição autorizada da obra de Edward Reese (org.); tradutor Judson Canto (títulos e textos explicativos). São Paulo: Editora Vida, 2003.

BÍBLIA DE ESTUDO DA MULHER DE FÉ: Nova Versão Internacional. Editora Geral: Jean E. Syswerda. Tradução: Cecília Eller. São Paulo: Editora Vida, 2014.

CHAMPLIN, Russell Norman. DICIONÁRIO A-Z. São Paulo: Hagnos, 2001. Vol. 6 e 7.

CHAMPLIN, Russell Norman. O ANTIGO TESTAMENTO INTERPRETADO: VERSÍCULO POR VERSÍCULO: Josué. São Paulo: Hagnos, 2001. Vol. 2.

MACARTHUR, John. DOZE MULHERES NOTÁVEIS: Como Deus Formou Mulheres da Bíblia e o que Ele quer Fazer com Você. Traduzido por Elizabeth Stowell Charles Gomes. 2. Ed. São Paulo: Cultura Cristã, 2014.

53. MULHERES DA BÍBLIA: A mãe e as irmãs de Raabe

REFERÊNCIA BÍBLICA: Josué 2:11-12, 18, 23

SIGNIFICADOS DOS NOMES: Seus nomes não são citados

LOCAL: Jericó e Israel

ÉPOCA: 1422 a.C.

RELACIONAMENTO COM DEUS:

  • Elas foram alcançadas pela fé de Raabe e integradas ao povo de Deus.

RELACIONAMENTOS COM O PRÓXIMO:

  • Raabe, a personagem central, possuía pai, mãe, irmãos e irmãs.

  • Josué, 2 espias, compatriotas de Jericó

RESUMO DA VIDA:

A mãe e as irmãs de Raabe estavam para ser mortas, assim como tantas outras mulheres foram mortas nas grandes cidades cananeias aos quais Josué já havia conquistado. Mas, por uma providência divina elas foram milagrosamente salvas. Elas tiveram uma intercessora cheia de fé no único Deus que podia livrá-las. Raabe fez um acordo com os 2 espias israelitas e as mulheres concordaram em se refugiarem na casa de Raabe, crendo que ali estariam a salvo. E assim aconteceu, elas viram sua antiga cidade destruída, tiveram que se adequar a uma nova cultura, mas por outro lado, elas preservaram suas vidas e conheceram o poder do único Deus verdadeiro.

PROPÓSITO:

  • Mostrar a extensão da graça e do poder salvador de Deus, em alcançar a Raabe e toda sua família que com ela creram.

DEVO IMITAR:

  • Como essas mulheres, devo tomar decisão apoiada na fé de que Deus é o salvador.

REFERÊNCIAS CONSULTADAS:

A BÍBLIA EM ORDEM CRONOLÓGICA: Nova Versão Internacional/edição autorizada da obra de Edward Reese (org.); tradutor Judson Canto (títulos e textos explicativos). São Paulo: Editora Vida, 2003.

BÍBLIA DE ESTUDO DA MULHER DE FÉ: Nova Versão Internacional. Editora Geral: Jean E. Syswerda. Tradução: Cecília Eller. São Paulo: Editora Vida, 2014.

54. MULHERES DA BÍBLIA: As Mulheres de Jericó

REFERÊNCIA BÍBLICA: Josué 6:21

SIGNIFICADOS DOS NOMES: Seus nomes não são citados.

LOCAL: Jericó

ÉPOCA: 1422 a.C.

RELACIONAMENTO COM DEUS:

  • Elas eram inimigas de Deus.

RELACIONAMENTOS COM O PRÓXIMO:

  • PESSOAS ENVOLVIDAS: Habitantes de Jericó, Josué, guerreiros israelitas.

RESUMO DA VIDA:

As mulheres da cidade de Jericó, viviam uma vida promíscua e protegida dentro da fortaleza que eram os muros da cidade. Esses muros eram tão fortes e largos que podia-se construir casas sobre eles. Apesar da aparente segurança, os habitantes de Jericó ficaram com medo quando o povo de Israel se aproximou de seu território. Todos eles sabiam da força e poder de Deus, entretanto não se humilharam, nem se renderam perante o SENHOR. A ordem do SENHOR para Israel era que todos fossem mortos e que nada deles fosse tocado ou tomado. Israel se santificou, cumpriu todas as ordens do SENHOR, os homens se circuncidaram, se prepararam para a conquista da 1ª cidade da sonhada Terra Prometida. Conforme a ordem do SENHOR, homens, mulheres, crianças, casas, animais, tudo foi destruído em Jericó pelos guerreiros israelitas. Somente Raabe com sua família e bens foram preservados. Josué lançou uma maldição sobre aquele que ousasse reedificar Jericó, quando lançassem o fundamento perderia o primogênito e quando colocasse as portas perderia o caçula (Js 6:26). 700 anos depois da maldição ser proferida, Hiel perdeu seu primogênito e o caçula por ter reedificado a cidade de Jericó.

PROPÓSITO:

  • Mostrar o fim da pessoa que não serve ao SENHOR.

DEVO EVITAR:

  • Não posso endurecer meu coração a ponto de perder a salvação do SENHOR.

REFERÊNCIAS CONSULTADAS:

A BÍBLIA EM ORDEM CRONOLÓGICA: Nova Versão Internacional/edição autorizada da obra de Edward Reese (org.); tradutor Judson Canto (títulos e textos explicativos). São Paulo: Editora Vida, 2003.

BÍBLIA DE ESTUDO DA MULHER DE FÉ: Nova Versão Internacional. Editora Geral: Jean E. Syswerda. Tradução: Cecília Eller. São Paulo: Editora Vida, 2014.

CHAMPLIN, Russell Norman. DICIONÁRIO A-Z. São Paulo: Hagnos, 2001. Vol. 6 e 7.

CHAMPLIN, Russell Norman. O ANTIGO TESTAMENTO INTERPRETADO: VERSÍCULO POR VERSÍCULO: Josué e 1 Reis. São Paulo: Hagnos, 2001. Vol. 2.

55. MULHERES DA BÍBLIA: As filhas de Acã

REFERÊNCIA BÍBLICA: Josué 7:24

SIGNIFICADOS DOS NOMES: Seus nomes não são citados. O nome de Acã, pai delas, significa “perturbador”.

LOCAL: Deserto, Canaã e Vale de Acor

ÉPOCA: 1422 a.C.

RELACIONAMENTO COM DEUS:

  • Elas foram punidas por Deus com a maldição de Acã.

RELACIONAMENTOS COM O PRÓXIMO:

  • PAI: Acã

  • IRMÃOS: Seus nomes não são citados.

  • AVÔ: Carmi (da descendência de Zerá, filho de Judá e Tamar)

  • TRIBO: Judá

  • PESSOAS ENVOLVIDAS

RESUMO DA VIDA:

O povo de Israel havia acabado de vencer e conquistar a cidade de Jericó. Ao se dirigirem para uma pequena cidade, chamada Ai, Josué não consultou a Deus e enviou 3 mil homens para conquistarem a cidade. 36 homens morreram e o restante fugiu dos poucos guerreiros de Ai. Quando Josué consultou ao SENHOR, foi revelado que havia pecado em Israel. Tirando a sorte, acharam a Acã, da tribo de Judá. Acã confessou que havia tomado o despojo proibido. Por esse motivo, Israel levou Acã, seus filhos e filhas, juntamente com tudo o que possuía, ao Vale de Acor (que significa “tribulação”) para morrerem apedrejados e depois queimados.

PROPÓSITO:

  • O propósito de vida dessas judias era o de herdar a terra, mas por causa da maldição a que foram envolvidas, morreram sem usufruir o cumprimento dessa promessa de Deus.

DEVO EVITAR:

  • Não posso me associar com pessoas cobiçosas para que não recaia sobre mim a maldição delas.

REFERÊNCIAS CONSULTADAS:

A BÍBLIA EM ORDEM CRONOLÓGICA: Nova Versão Internacional/edição autorizada da obra de Edward Reese (org.); tradutor Judson Canto (títulos e textos explicativos). São Paulo: Editora Vida, 2003.

BÍBLIA DE ESTUDO DA MULHER DE FÉ: Nova Versão Internacional. Editora Geral: Jean E. Syswerda. Tradução: Cecília Eller. São Paulo: Editora Vida, 2014.

CHAMPLIN, Russell Norman. DICIONÁRIO A-Z. São Paulo: Hagnos, 2001. Vol. 6 e 7.

CHAMPLIN, Russell Norman. O ANTIGO TESTAMENTO INTERPRETADO: VERSÍCULO POR VERSÍCULO: Josué. São Paulo: Hagnos, 2001. Vol. 2.

56. MULHER DA BÍBLIA: Acsa

REFERÊNCIA BÍBLICA: Josué 15:16-19; Juízes 1:12-15

SIGNIFICADO DO NOME: Em hebraico significa “amuleto”

LOCAL: Deserto, Canaã e Neguebe

ÉPOCA: 1415 a.C.

RELACIONAMENTO COM DEUS:

  • Acsa era uma serva fiel a Deus.

RELACIONAMENTOS COM O PRÓXIMO:

  • PAI: Calebe

  • PRIMO: Otniel

  • ESPOSO: Otniel

  • SOGRO E TIO: Quenaz

  • PESSOAS ENVOLVIDAS: Josué

RESUMO DA VIDA:

Acsa era a filha honrada do servo de Deus, Calebe. Em vez de seu pai dar um dote para casá-la com algum homem, ele fez um desafio para que o homem mais corajoso que conquistasse Debir casasse com Acsa – o que nos faz pensar que ela deveria ser uma moça muito bonita. A história dela pelo deserto não nos foi revelada, somente a chegada à terra conquistada. Lá a vida de Acsa passou por inúmeras mudanças, um novo lar, a vida de casada, uma herança… Mas, para quem passou algum tempo no deserto sabe o valor que tem a água, e em suas terras ela não tinha água. O sábio pedido de Acsa ao seu pai consistia justamente nessa necessidade básica. Seu pai atendeu e concedeu-lhe o pedido, e ela pôde usufruir de águas intermitentes tanto no verão, quanto no inverno. Anos mais tarde, Acsa tornou-se a esposa do 1º juiz de Israel. Otniel, um bravo guerreiro que era, pelejou as guerras do SENHOR, livrando o povo de Deus de seus inimigos.

PROPÓSITO:

  • Destacar o valor de uma mulher sábia.

DEVO IMITAR:

  • Devo aliar a coragem e inteligência de Acsa, para saber como comunicar e solicitar nas minhas necessidades.

DESTAQUE

“Embora a Bíblia não forneça muitos detalhes sobre a vida de Acsa, sua vida apresenta mensagens importantes para nós.

Mensagem nº 1: Cuidar. […] Acsa entendeu que a água em sua propriedade melhoraria o bem-estar de sua família. […]

Mensagem nº 2: Melhorar. […] Acsa observou o que estava faltando em sua propriedade e desejou torná-la mais agradável. […]

Mensagem nº 3: Pedir. Acsa sabia o que queria e de que precisava para aprimorar seu lar, e sabia a quem pedir: a Calebe, seu pai, dono das fontes superiores! […]”

Mulheres que Amaram a Deus, por Elizabeth George

REFERÊNCIAS CONSULTADAS:

A BÍBLIA EM ORDEM CRONOLÓGICA: Nova Versão Internacional/edição autorizada da obra de Edward Reese (org.); tradutor Judson Canto (títulos e textos explicativos). São Paulo: Editora Vida, 2003.

BÍBLIA DE ESTUDO DA MULHER DE FÉ: Nova Versão Internacional. Editora Geral: Jean E. Syswerda. Tradução: Cecília Eller. São Paulo: Editora Vida, 2014.

CHAMPLIN, Russell Norman. DICIONÁRIO A-Z. São Paulo: Hagnos, 2001. Vol. 6 e 7.

CHAMPLIN, Russell Norman. O ANTIGO TESTAMENTO INTERPRETADO: VERSÍCULO POR VERSÍCULO: Josué. São Paulo: Hagnos, 2001. Vol. 2.

GEORGE, Elizabeth. MULHERES QUE AMARAM A DEUS. Tradução: Maria Emília de Oliveira. Campinas, SP: Editora United Press, 2001.

57. MULHERES DA BÍBLIA: Cananeias, heteias, amorreias, perizeias, heveias e jebuseias

REFERÊNCIA BÍBLICA: Juízes 3:6-7

SIGNIFICADO DO NOME: Seus nomes não são mencionados

POVOS: Cananeus, heteus, amorreus, perizeus, heveus e jebuseus

ÉPOCA: 1415 a.C.

RELACIONAMENTO COM DEUS:

  • Serviam outros deuses.

RELACIONAMENTOS COM O PRÓXIMO:

  • PESSOAS ENVOLVIDAS: Israelitas

RESUMO DA VIDA:

As mulheres cananeias, heteias, amorreias, perizeias, heveias e jebuseias, serviam vários deuses, o deus que a Bíblia destaca os baalins e Astarote. Baal era um deus cuja ênfase principal era a fertilidade, quando a Bíblia fala de baalins, se refere a várias imagens de esculturas dos povos pagãs, com diferentes ênfases. Astarote era uma deusa da fertilidade humana, animal e das colheitas, que era adorada ao lado de Baal. Quando os israelitas se casam com essas mulheres, muito facilmente foram influenciaram a adorarem os deuses delas, e os cananeus, heteus, amorreus, perizeus, heveus e jebuseus influenciaram suas esposas israelitas a se curvarem diante de seus deuses.

PROPÓSITO:

  • Uma vez que estavam fora dos propósitos de Deus por causa da idolatria, essas mulheres serviram de laço para fazerem os israelitas se afastarem do SENHOR.

DEVO EVITAR:

  • Não posso adorar outro deus, a não ser o Deus Criador dos céus e da terra.

  • Não posso afastar as pessoas de Deus.

  • Não posso me casar com um homem que professe uma fé diferente da minha.

REFERÊNCIAS CONSULTADAS:

A BÍBLIA EM ORDEM CRONOLÓGICA: Nova Versão Internacional/edição autorizada da obra de Edward Reese (org.); tradutor Judson Canto (títulos e textos explicativos). São Paulo: Editora Vida, 2003.

BÍBLIA DE ESTUDO DA MULHER DE FÉ: Nova Versão Internacional. Editora Geral: Jean E. Syswerda. Tradução: Cecília Eller. São Paulo: Editora Vida, 2014.

CHAMPLIN, Russell Norman. O ANTIGO TESTAMENTO INTERPRETADO: VERSÍCULO POR VERSÍCULO: Juízes. São Paulo: Hagnos, 2001. Vol. 2.

58. MULHERES DA BÍBLIA: As mulheres de Ai

REFERÊNCIA BÍBLICA: Josué 8:25

SIGNIFICADOS DOS NOMES: Seus nomes não são citados. O nome da cidade significa, em hebraico, “montão” ou “ruína”.

LOCAL: Ai

ÉPOCA: 1422 a.C.

RELACIONAMENTO COM DEUS:

  • Eram inimigos de Deus.

RELACIONAMENTOS COM O PRÓXIMO:

  • PESSOAS ENVOLVIDAS: Josué, Israel, Acã e Deus.

RESUMO DA VIDA:

O povo de Ai era pequeno e ousadamente achou que venceria a guerra contra Israel, suas mulheres devem ter cantado vitória antes do tempo. Eles caíram numa emboscada e viram sua cidade destruída a fogo e não escaparam da espada. A falta de arrependimento os levou a punição divina.

PROPÓSITO:

  • As mulheres de Ai não se renderam aos planos de Deus, viveram dissolutamente e morreram em seus pecados.

DEVO EVITAR:

  • Não posso perder a realização dos planos de Deus em minha vida. Preciso me humilhar e me submeter a Deus.

REFERÊNCIAS CONSULTADAS:

A BÍBLIA EM ORDEM CRONOLÓGICA: Nova Versão Internacional/edição autorizada da obra de Edward Reese (org.); tradutor Judson Canto (títulos e textos explicativos). São Paulo: Editora Vida, 2003.

BÍBLIA DE ESTUDO DA MULHER DE FÉ: Nova Versão Internacional. Editora Geral: Jean E. Syswerda. Tradução: Cecília Eller. São Paulo: Editora Vida, 2014.

CHAMPLIN, Russell Norman. DICIONÁRIO A-Z. São Paulo: Hagnos, 2001. Vol. 6 e 7.

PDF – MULHERES DA BÍBLIA – ABRIL

3 comentários

  1. Rute · abril 2, 2018

    Essa história da mulher cuxita e a revolta de Arão e Miriãn nos dá uma tremenda lição. Devemos apenas orar pelos futuros cônjuges de nossos familiares, uma vez casados, precisamos aceitar o novo membro na família e todos estarão felizes. Parabéns Lis pelo estudo que abriu os olhos sobre um assunto tão sério e delicado.

    Curtido por 1 pessoa

  2. Sabrina Rosa · abril 12, 2018

    Lis, louvado seja Deus por sua vida. Estou amando o estudo que vc tem postado aqui, como tem falado comigo e como esse formato tem me incentivado e me feito cada dia mais querer estudar mais e mais a palavra de Deus. O que achei mais interessante é que esse formato não se limita somente as mulheres, mas nos da um panorama geral e nos faz enxergar muito além. Muito obrigada por seu desprendimento, seu comprometimento e seu carinho.

    Curtido por 1 pessoa

Obrigada por seu comentário! Ele será lido e aprovado em breve.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s