MULHERES COMO EU: Bate-Seba

Esse 12º estudo sobre Bate-Seba faz parte da série “Mulheres Como Eu”, um estudo sobre 24 mulheres da Bíblia idealizado por Karina Barber. Para mais informação de como participar desse estudo acesse o vídeo do Cafezinho da Tarde no YouTube.
Para obter o livreto gratuito com a lista de todas as 24 mulheres solicite CLICANDO AQUI.

📖 Textos bíblicos:

📖 2 Samuel 11 – 12

Bate-Seba era uma bela mulher, casada com o fiel Urias que estava na guerra contra os amonitas. Como costume, ela se banhava em casa. Mas, fora do comum, ela recebeu mensageiros do rei Davi com a ordem de se apresentar nos aposentos privativos do rei. Davi teve relações com ela e a dispensou. Como Bate-Seba esteve com o rei no período fértil, cerca de 1 mês depois ela mandou anunciar ao rei que estava grávida dele. Davi arquiteta planos para tentar se livrar da culpa, decidindo pela morte de Urias. Bate-Seba chorou o período do luto, que tinha duração de até 2 meses, e Davi a recebeu no palácio como sua esposa. Confrontado por Deus, Davi se arrepende, Deus perdoa a Davi, mas fala, por meio do profeta Natã, das graves consequências. O primeiro filho de Davi e Bate-Seba morreu e o rei consolou a Bate-Seba. Ela engravidou de mais 4 filhos, dentre eles, Salomão, o sucessor de Davi no trono.

📖 1 Reis 1 – 2

Davi havia envelhecido e precisava passar o trono para um de seus filhos. Adonias, filho de Davi com Hagite, se autoproclamou rei, fazendo com que Natã e Bate-Seba executassem um plano para Davi passar o trono para Salomão. Depois de Salomão ser coroado, Adonias se humilhou diante do irmão, mas não desistiu do trono. Ele pediu a Bate-Seba que requeresse ao rei a Abisague, a virgem que aquecia Davi em sua velhice. Bate-Seba se apresenta ao rei, seu filho, que manda trazer um trono para que ela se assentasse ao seu lado. Ingenuamente, Bate-Seba faz essa solicitação ao rei que a repreende e manda matar Adonias. O reino de Salomão foi confirmado e houve riquezas e paz.

Questionário

1. História de Bate-Seba

Bate-Seba era uma bela mulher, casada com Urias, um honrado guerreiro hitita. Enquanto seu marido estava na guerra, o rei de Israel, Davi, a flagrou durante seu banho vespertino. Ela recebeu os mensageiros do rei para se apresentar nos aposentos privados do rei, e como uma cordeirinha se apresentou ao rei. Dias depois mandou avisar ao rei que estava grávida. Ela permaneceu em casa até receber a notícia de que seu esposo tinha morrido na guerra. Passado o tempo de luto ela foi chamada para o harém do rei. Após o nascimento do filho, ele adoeceu e morreu, conforme as palavras do profeta Natã. Davi se arrependeu de seu pecado e consolou a Bate-Seba de suas perdas. Ela foi alcançada pela graça, ouvia o profeta Natã, escolhendo estar na presença de Deus. Deus a abençoou com mais 4 filhos, dentre os quais estava Salomão, que a tornou rainha-mãe, quando este sucedeu Davi no trono.

2. Local em que Bate-Seba morou na época e o país na atualidade

Jerusalém, capital de Israel.

3. Significado do nome de Bate-Seba

“A sétima filha”, ou “Filha de um juramento”

4. Vida cotidiana de Bate-Seba

• Papel nas Escrituras: Esposa e viúva de um guerreiro fiel, uma das esposas do rei Davi, rainha-mãe, mãe de 5 homens.

• Posição Social: De súdita a rainha

• Tarefas Diárias: Atividades diárias de mulher do lar, cuidados pessoais como esposa e mãe no palácio das mulheres.

5. Relacionamentos de Bate-Seba

Deus: Serva de Deus que avançou em sua comunhão tornando-se mais íntima de Deus;

Esposos: Viúva de Urias e uma das esposas de Davi;

Filhos: Primogênito que faleceu no 10º dia de vida, Salomão, Siméia, Sobabe e Natã;

Pessoas envolvidas: Profeta Natã, Adonias, Abisague.

6. Testemunho de Bate-Seba para mim:

Bate-Seba é uma mostra de superação de perdas, de que é possível ter a história reescrita pela graça divina.

7. Virtudes de Bate-Seba:

  • Mansa;

  • Bela;

  • Submissa;

  • Delicada.

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

BÍBLIA DE ESTUDO DA MULHER DE FÉ: Nova Versão Internacional. Editora Geral: Jean E. Syswerda. Tradução: Cecília Eller. São Paulo: Editora Vida, 2014.

CHAMPLIN, Russell Norman. DICIONÁRIO A-Z. São Paulo: Hagnos, 2001. Vol. 6.

CHAMPLIN, Russell Norman. O ANTIGO TESTAMENTO INTERPRETADO: VERSÍCULO POR VERSÍCULO: 2 Samuel e 1 Reis. São Paulo: Hagnos, 2001. Vol 2.

COLEMAN, William L. Manual dos Tempos Bíblicos. Minas Gerais: Editora Betânia, 1991.

Obrigada por seu comentário! Ele será lido e aprovado em breve.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s