MULHERES COMO EU: Maria, mãe de Jesus

Esse 14º estudo sobre Maria, a mãe de Jesus, faz parte da série “Mulheres Como Eu”, um estudo sobre 24 mulheres da Bíblia idealizado por Karina Barber, do Ministério Cafezinho da Tarde.

Como Maria, sou agraciada por causa de Cristo.
Deus me favoreceu imerecidamente para que eu tivesse comunhão com Ele.

Como Maria, o Senhor é comigo.
Deus me assegura Seu apoio e presença contínuos.

Como Maria, posso ser chamada de mãe de Jesus se fizer a vontade de Deus.
Deus me fez bem-aventurada, pois ouço e guardo a Sua Palavra.

Como Maria, vou cumprir a missão única que Deus designou para o meu tempo.
Deus faz grandes coisas por mim.

Como Maria, dependo do Senhor para receber todas as Suas bênçãos.
Deus me enche com o Seu Santo Espírito e me cobre com a Sua sombra.

Como Maria, quero ser uma serva humilde do Senhor.
Deus é glorificado com o serviço que presto a Ele de coração.

Como Maria, faço tudo com amor, sem querer nada em troca.
Deus é o meu provedor, ajudador e benfeitor.

Como Maria, creio que Jesus é 100% homem e 100% Deus.
Deus opera o impossível.

Como Maria, sou uma fiel seguidora de Cristo.
Deus me escolheu para ser dEle para sempre.

📖 Referências a Maria:

📖 Gênesis 3:15 12:1-3, 28:13-15 → Após a queda, Deus promete remissão da humanidade por um homem nascido de mulher, 3975 anos antes do nascimento de Cristo.

📖 1 Crônicas 17:11-14 → 1014 anos antes do nascimento de Cristo, Natã profetiza a respeito da escolha da tribo ao qual o Messias nascerá: tribo de Judá, da família de Davi, ascendente de José e Maria, da qual nasceu Jesus.

📖 Isaías 7:14 → Profecia do profeta Isaías sobre a virgem que vai conceber o Messias, 727 anos antes do nascimento de Jesus.

📖 Mateus 1:1-17; Lucas 3:23-38 → Registro das genealogias de José e Maria, respectivamente.

📖 Mateus 1:18-25; 2:1-23; Lucas 1:26-56; 2:1-20 → O anjo Gabriel anuncia o nascimento de Jesus a Maria e tudo se cumpre.

📖 Lucas 2:21-38 → José e Maria circuncidam e apresentam Jesus cumprindo a lei.

📖 Lucas 2:39-52 → Maria e José encontram Jesus, aos 12 anos, ensinando doutores no Templo.

📖 João 2:1-11 → Maria nas bodas de Caná discerne que Jesus havia iniciado Seu ministério e sai de cena.

📖 Mateus 12:46-50; 13:55; Marcos 3:31-35; Lucas 8:19-21; João 7:5 → Maria e os irmãos de Jesus O visitam e veem Sua fama e autoridade de perto (apesar, de os irmão de Jesus não acreditarem nEle no início, Maria acreditava que Ele era o Messias).

📖 Lucas 11:27-28 → Jesus corrige uma mulher na multidão que havia glorificado a Maria.

📖 João 19:25-27 → Maria assiste a crucificação de Jesus e João passa a cuidar dela.

📖 Atos 1:14 → Maria ora buscando o batismo com Espírito Santo.

Questionário

1. História de Maria, mãe de Jesus

Maria, uma simples moça de Nazaré, prestes a se casar com José, recebeu a notícia que o Espírito Santo geraria nela a Jesus, o Messias prometido aos homens desde a queda, no Jardim do Éden, para a salvação do mundo. Maria foi a escolhida porque achou graça diante de Deus, por esse motivo, ela se tornou a bendita entre as mulheres e a bem-aventurada entre todas as gerações. Muito responsável e discreta, desempenhou sua missão de mãe e, depois, se tornou uma das fiéis seguidoras de Jesus. Ela acompanhou de perto o nascimento, a morte, a ressurreição e assunção de Jesus, como também recebeu o batismo com o Espírito Santo. Ela teve o privilégio de participar dos 3 ministérios divinos, no ministério de Deus Pai, sendo fiel à Lei mosaica (Lc 1:21-24), no ministério de Deus Filho, sendo discípula de Jesus (Jo 19:25), e no ministério de Deus Espírito Santo, foi igreja batizada com o Espírito e com fogo (At 1:14). A partir de Maria, as mulheres receberam por função principal a missão de evangelizar, a obrigação de procriar foi deixada em segundo plano. Em toda sua vida provou ser a serva humilde que queria ver a vontade de Deus cumprida em sua vida.

2. Local em que Maria morou na época e o país na atualidade

Belém, Nazaré, Egito

3. Significado do nome de Maria

“Amada” ou “Amarga”

4. Vida cotidiana de Maria

• Papel nas Escrituras: Ela foi a mulher escolhida para conceber e cuidar de Jesus, homem. O Espírito Santo que operou de forma sobrenatural para que Jesus, Deus fosse concebido no ventre de uma virgem, Maria não teve relações sexuais até o nascimento de Jesus. Após o início do ministério de Jesus, Maria se torna discípula dEle.

• Posição Social: Apesar de ser da linhagem real, Maria não fazia parte da alta sociedade, pois com o domínio de Roma, Judá havia perdido seu reino. Maria era uma dona de casa que viveu de forma simples e discreta.

• Tarefas Diárias: Maria cuidava do marido, filhos, casa e comparecia ao Templo anualmente.

5. Relacionamentos de Maria

DEUS: Ela foi uma humilde serva e Deus a alcançou por Sua graça.

ESPOSO: José, da tribo de Judá, um carpinteiro, provavelmente morreu antes de Jesus iniciar seu ministério, pois seu nome não é mais citado após isso.

FILHOS: Jesus, Tiago, José, Simão, Judas e filhas, só passaram a crer que Jesus é o Messias depois de Sua ressurreição.

PESSOAS ENVOLVIDAS: Isabel, pastores, magos, Simeão, Ana, discípulos de Jesus, Lucas.

6. Testemunho de Maria para mim:

O modo correto de honrar a memória de Maria é não ultrapassar o que a Bíblia nos revela sobre sua pessoa e, também, não ficar aquém do exemplo que ela nos deixou. Dentre todas as lições que posso extrair da vida dessa mulher, a principal delas, é que sua vida girou em torno do Senhor e Salvador Jesus, procurando fazer a vontade de Deus em Sua vida.

7. Virtudes de Maria:

  • Temente a Deus

  • Discreta

  • Responsável

  • Obediente

  • Agraciada

  • Bendita/Bem-aventurada dentre as mulheres

  • Humilde

  • Mulher de fé

  • Perseverante

  • Crente

 

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

BÍBLIA DE ESTUDO DA MULHER DE FÉ: Nova Versão Internacional. Editora Geral: Jean E. Syswerda. Tradução: Cecília Eller. São Paulo: Editora Vida, 2014.

CHAMPLIN, R.N. ENCICLOPÉDIA DE BÍBLIA, TEOLOGIA & FILOSOFIA. A/C 11ª Ed. São Paulo: Editora Hagnos, 2013.

CHAMPLIN, Russell Norman. O ANTIGO TESTAMENTO INTERPRETADO: VERSÍCULO POR VERSÍCULO: Lucas. São Paulo: Hagnos, 2001. Vol 2.

Obrigada por seu comentário! Ele será lido e aprovado em breve.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s