Bible Journaling – Ilustrações em português – Juízes

Aqui vão mais algumas ilustrações em português do livro de Juízes!

📎PDF

O desenho abaixo é um bônus muito especial para mim. Foi desenhado por Ena Caren, em 29/01/2015, especialmente para o conto “Mulheres da Bíblia: O pedido de Acsa“. Nesse momento Otniel estava gritando:

“Pelo SENHOR, por Israel e por Acsa!”
Guerreiro Bíblia

Você encontra mais ilustrações clicando nos nomes dos livros abaixo:

Gênesis

Êxodo

Levítico

Números

Deuteronômio

Josué

Anúncios

Estudo da Bíblia: Juízes

ÉTIMO DO TÍTULO DO LIVRO: O título de Juízes, deriva-se da Vulgata Latina, Liber Judicum, que se deriva, por sua vez, do título do livro aplicado pela Septuaginta, Kritai (Juízes). E o título hebraico é Shophetim, que também significa Juízes.

AUTOR: Possivelmente Samuel

DATA: ~ 1415 ou 1462 a.C.

CAPÍTULOS TOTAIS: 21

CONTEÚDO: O livro de Juízes consiste em três blocos:

  1. Juízes 1:1, 2:5 – Um breve relato da ocupação de Canaã pelos israelitas

  2. Juízes 2:6, 16;31 – A história dos juízes

  3. Juízes 17-21 – A migração dos danitas e o conflito interno contra os benjamitas

VERSÍCULO-CHAVE DE JUÍZES:

“Cada qual fazia o que parecia direito aos seus olhos.” Josué 17:6 e 21:25

A CONQUISTA DOS CANANEUS
Juízes 1:1-20 → Judá (pede ajuda a Simeão) para conquistar:

  • Bezeque: O rei Adoni-Bezeque fugiu e teve os polegares cortados, como ele havia feito com 70 reis.

  • Jerusalém: A cidade foi conquistada, as montanhas despovoadas, mas os moradores do vale permaneceram, porque tinham carros de ferro.

  • Hebrom, Debir (Quiriate-Arba): Calebe conquista Hebrom, e Otniel conquista Debir e o direito de se casar com Acsa.

Juízes 1:21 → Os benjamitas não expulsaram os jebuseus em Jerusalém.

Juízes 1:22-36 → Os filhos de José conquistam Betel. Um morador dessa cidade mostrou a cidade e teve a sua vida e da família preservadas (ele partiu para as terras dos heteus e fundou uma cidade de nome Luz). Fizeram de tributários: Heres, Aijalom e Saalabim.

Cidades e habitantes que não foram expulsos:

  • Manassés faz de tributários 5 cidades, porque seus habitantes teimaram em permanecer na mesma terra: Bete-Seã, Taanaque, Dor, Ibleão e Megido.

  • Efraim não expulsa os cananeus de Gezer, viviam juntos.

  • Zebulom não expulsou os cananeus de Quitrom e Naalol, os fizeram de tributários.

  • Aser não expulsou os habitantes de: Aco, Sidom, Alabe, Aczibe, Helba, Afeca, Reobe.

  • Naftali fez de tributários os habitantes de: Bete-Semes e Bete-Anate.

BOQUIM
Juízes 2:1-6 → O Anjo do SENHOR repreende a desobediência do povo, que havia feito concerto com os cananeus e deixado de seus altares pagãos. O povo se levantou a chorar, por isso aquele lugar ficou sendo chamado de Boquim, que quer dizer “pranto”.

A INFIDELIDADE DA NOVA GERAÇÃO
Juízes 2:7-23, 3:1-7 → Após a morte de Josué, e da geração que havia conquistado a terra, nasceu uma nova geração que não conhecia o SENHOR, e que adorava aos deuses pagãos: Baal e Astarote. Por isso, Deus trouxe as maldições avisadas em Deuteronômio 8:19, 11:16-17, deixou permanecer os povos no meio deles para os provar. Quando o povo clamava a Deus no aperto, Deus levantava juízes para os livrar, mesmo assim, quando o juiz morria, eles se voltavam aos deuses.

LISTA

JUIZ

TRIBO

POVO INIMIGO

ANOS DE OPRESSÃO

ANOS
DE PAZ

1

Otniel – significa “leão de Deus” (Jz 3:8-11)

Judá

Rei da Mesopotâmia, Cusã-Risataim

8 anos

40 anos

2

Eúde – significa “forte” ou “unidade” (Jz 3:12-31)

Benjamim

Eglom, rei dos moabitas, unido aos amonitas e amalequitas

18 anos

80 anos

3

Sangar – significa “espada” (Jz 3:31)

(da região sudoeste de Israel)

Filisteus

4

Débora – significa “abelha” (Jz 4-5)

(Líder militar: Baraque;
Jael matou Sísera)

(das montanhas de Efraim)

Jabim, rei de Canaã (capital Hazor); Sísera, capitão do exército

20 anos

40 anos

5

Gideão – significa “guerreiro”, ou Jerubaal – que significa “Baal contenda com ele” (Jz 6-8)

Manassés

Midianitas, amalequitas e homens do oriente

(Sucote e Penuel)

7 anos

*

Abimeleque, “Filho do rei”, se autoproclamou rei de Siquém (Jz 9).

6

Tola – significa “Escarlate” (Jz 10:1-2)

Issacar

23 anos

7

Jair – significa “ele levanta” (Jz 10:3-5)

(Gileadita: Manassés)

22 anos

8

Jefté – significa “Libertador” (Jz 11-12:7)

(Gileadita: Manassés)

Filisteus e amonitas

18 anos

6 anos

9

Ibsã – significa “Brilhante” (Jz 12:9-10)

(de Belém)

7 anos

10

Elom – significa “Carvalho” (Jz 12:11-12)

Zebulom

10 anos

11

Abdom – significa “Servo” (Jz 12:13-15)

Efraim

8 anos

12

Sansão – significa “Pequeno sol” (Jz 13-16)

Filisteus

40 anos

20 anos

A GUERRA CONTRA MOABE
Juízes 3:15-30 → Eúde entrega um presente e numa sala privada fere o rei à espada, depois convoca o exército e derrota 10mil moabitas, homens de guerra.

A GUERRA CONTRA SÍSERA E SEU EXÉRCITO
Juízes 4 → Sísera tinha um exército grande e 900 carros de ferro. Pela ordem de Deus, transmitida por Débora a Baraque, foram guerrear no Ribeiro de Quisom, Deus enviou chuva e os carros ficaram atolados. Baraque se esforçou até exterminar os guerreiros cananeus. Héber, esposo de Jael, a mulher que matou Baraque com uma estaca, era da família de Jetro, sogro de Moisés.

A GUERRA CONTRA OS MIDIANITAS
Juízes 7-8 → Gideão antes de ir à guerra pedia ao SENHOR prova de que teria vitória, após confirmação ele enfrentou corajosamente a posição de juiz e militar. Os israelitas foram convocados, 22 mil se dispuseram, 10 mil corajosos permaneceram, mas só 300 passaram no teste da vigilância. Depois da perseguição aos midianitas, Gideão ainda litigou contra os príncipes de Sucote e Penuel. O povo pede a Gideão para ser o rei deles, ao que Gideão responde: “O SENHOR sobre vós dominará.” (Jz 8:23).
Efraim reclama sobre não ter sido convocado à guerra a resposta de Gideão foi assim colocada no Targum:

COMPARAÇÃO DE JUÍZES 8:2 ENTRE VERSÕES

ARC

Targum

“Não são porventura os rabiscos de Efraim melhores do que a vindima de Abiezer?”

“Os fracos da casa de Efraim não são mais fortes do que a casa de Abiezer?”

(A casa de Abiezer, ‘os abiezritas’, era o clã da tribo de Manassés, ao qual Gideão pertencia)

UM NOVO COSTUME EM ISRAEL
Juízes 11:30-40 → Todos os anos as filhas de Israel lamentavam por 4 dias a filha de Jefté (ele votou oferecer ao SENHOR o que despontasse de sua casa, quando voltasse vitorioso da guerra contra os filisteus e amonitas).

CHIBOLETE X SIBOLETE
Juízes 12:6 → “A palavra hebraica chibolete significa “grão de cereal”. Essa palavra foi usada pelos gileaditas como teste de pronúncia, a fim de detectar pelo sotaque quem era de Efraim e quem não era. Os efraimitas não conseguiam pronunciar o som do “x” (chibolete), que soava como um fonema sibilante (sibolete), sendo assim facilmente detectados e executados.” (CHAMPLIN, 2000)

COMPARAÇÃO DE JUÍZES 12:9

ARC

NVT

“E tinha este trinta filhos, e trinta filhas que casou fora; e trinta filhas trouxe de fora para seus filhos; e julgou a Israel sete anos.”

“Ele teve trinta filhos e trinta filhas. Deu suas filhas em casamento a homens de fora de seu clã, e trouxe trinta moças de fora de seu clã para se casarem com seus filhos. Ibsã julgou a Israel durante sete anos.”

OS FILHOS DOS JUÍZES

Juízes 9

Abimeleque, filho de Gideão com uma concubina, reinou 3 anos em Siquém. Para controlar as insurreições, matou 70 dos seus irmãos numa pedra, matou Gaal e seus irmãos (siquemitas), matou mil pessoas incendiadas na torre de Siquém e foi morto depois de uma mulher jogar uma pedra da torre em Tebes que ele planejava incendiar.

Juízes 10:4

30 filhos de Tola, cavalgavam em 30 jumentosJuízes 10:4

Juízes 11:34

A única filha de Jefté foi oferecida ao SENHOR

Juízes 12:9

Ibsã casou seus 30 filhos e 30 filhas com mulheres e homens fora de seu clã

Juízes 12:14

Abdom tinha 40 filhos e 30 netos que cavalgavam sobre 70 jumentos

O ANJO DO SENHOR EM JUÍZES
Juízes 2:1-4; 5:23; 6:11-24; 13:3-22 → É possível que as aparições do anjo do Senhor fossem manifestações de uma das pessoas do Deus trino: Deus Filho ou Deus Espírito Santo.

O NAZIREADO DE SANSÃO
Juízes 13-16 → Sansão quebrou todas as regras do nazireado (Nm 6:1-21)

1. Tocar nalgum morto: Juízes 14:8-9

2. Comer alimento imundo: Juízes 14:8-9

3. Cortar o cabelo: Juízes 16:16-31

AS MULHERES DE SANSÃO
Juízes 14-15 → Casou com uma mulher em Timna
Juízes 16:1-3 → Se relacionou por 1 noite com uma prostituta de Gaza
Juízes 16:4-31 → Se apaixonou por Dalila, do Vale do Soreque

DAGOM
Juízes 16:23 → Dagom, é um antigo deus mesopotâmico, que se tornou a principal divindade dos filisteus. Em hebraico, significa cereal ou dag (peixe), ele era representado com corpo de peixe com cabeça humana, e pode estar relacionado à fertilidade e agricultura (CHAMPLIN, 2000).

MICA, JÔNATAS E A TRIBO DE DÃ
Josué 17-18 → Mica, morador da montanha de Efraim, tinha uma casa de deuses, roubou 100 moedas de prata da mãe, quando devolveu, sua mãe mandou fazer uma imagem que ficou na casa dele. Ele nomeou seu filho como seu sacerdote, mas depois recrutou o levita, Jônatas, neto de Moisés (Jz 18:30), para exercer o sacerdócio em seu lar. Todas essas práticas são proibidas na lei de Deus.
A tribo de Dã havia crescido e precisava conquistar mais terras. Antes de conquistar Laís, consultou e levou  Jônatas, o levita, e os deuses de Mica, este tentou recuperá-los, mas como os 600 guerreiros de Dã eram mais fortes, desistiu e voltou pra casa. Laís foi conquistada e queimada pelos danitas, que mudaram o nome da cidade para Dã.

A HISTÓRIA MAIS DESASTROSA EM JUÍZES
Juízes 19-21 → Essa história aconteceu logo após a morte de Josué.
Cronologia dos fatos:
1 – A concubina do levita adultera e foge para casa do pai em Belém
2 – O levita vai buscá-la, passa 3 dias, parte no 5º dia à tarde, à tarde, o levita, sua concubina e seu servo, foram a Jebus, cidade estranha, então seguiram para uma cidade dos filhos de Israel: Gibeá. Ninguém o acolheu.
3 – Um ancião efraimita que peregrinava em Gibeá, ofereceu pousada para que não passassem a noite na praça. Reunidos, jantaram.
4 – Os homens de Gibeá queriam se prostituir com o levita, o ancião não aceitou, eles insistiram, o levita deu sua concubina. Abusaram dela toda a noite. Ela morreu.
6 – O levita foi para casa com o corpo e dividiu em 12 partes e enviou para todas as tribos de Israel.
7 – Todo Israel se reuniu em Mizpá, uma das cidades de Benjamim. Quando souberam o que houve pediram os criminosos de Gibeá, mas os benjamitas não lhes ouviram, antes se juntaram para lutar contra Israel.
8 – Guerra declarada: 400 mil israelitas X 26.700 benjamitas.
Os israelitas consultaram a Deus antes de ir à guerra, qual tribo pelejaria contra Benjamim e obtiveram resposta
9 – Peleja em Gibeá:
1º dia: Benjamim vence, 22 mil israelitas morreram;
2º dia: Benjamim vence, 18 mil israelitas abatidos; jejum, orações, ofertas (juramento de não dar suas filhas para se casarem com os danitas);
3º dia: Na emboscada de Israel contra Benjamim, morrem 30 israelitas e 25.100 benjamitas.
10 – Da tribo de Benjamim, sobraram 600 homens que ficaram escondidos numa penha.
11 – O povo chora e separa 400 mulheres da única cidade que não tinha ido à peleja, Jabez-Gileade, e mata o restante do povo dessa cidade.
12 – Por causa do juramento, montam um plano de atraírem 200 filhas de Siló para darem aos benjamitas e se desculpar depois com seus pais.

Tal desastre aconteceu porque cada um fazia o que achava melhor, e quando perguntaram a Deus condicionavam às suas próprias vontades e leis (Jz 21:25).

REFERÊNCIAS CONSULTADAS

BÍBLIA DE ESTUDO APLICAÇÃO PESSOAL. Versão Almeida Revista e Corrigida. Ed. 1995. São Paulo: CPAD, 2010.

BÍBLIA SAGRADA: Anote: Revista e Corrigida na Grafia Simplificada. 1ª ed. Editora Central Gospel: Santo André, São Paulo, 2009.

BÍBLIA SAGRADA: Nova Versão Transformadora. 1. ed. São Paulo: Mundo Cristão, 2016.

CHAMPLIN, Russell Norman. Dicionário A-Z. São Paulo: Hagnos, 2001. Vol. 6 e 7.

CHAMPLIN, Russell Norman. O Antigo Testamento Interpretado: VERSÍCULO POR VERSÍCULO: Juízes. São Paulo: Hagnos, 2001. Vol. 2.

DAVIS, John D.. Dicionário da Bíblia. Rio de Janeiro: Casa Publicadora Batista, 1965.

Estudo da Bíblia: Josué 1 -24

ÉTIMO DO TÍTULO DO LIVRO: “Josué”, o autor e principal personagem, cujo nome deriva-se do hebraico, יהושוע – Yehoshua, uma forma abreviada do nome divino em hebraico “SENHOR” – YHWH – combinado à palavra hebraica que significa “salvação”, formando o nome “Yahweh salva” ou “o SENHOR é salvação”. Moisés mudou o nome dele, de Oséias, (הוֹשֵׁעַ – Hošeaʿ, “salvação”), para Yehoshua, ou Josué em português.

AUTOR: Josué e uma testemunha dos eventos (talvez o sacerdote Finéias)

DATA: ~ 1400 e 1200 A.C.

CAPÍTULOS TOTAIS: 24

CONTEÚDO: Narrativa da conquista de Canaã

PALAVRAS DE ÂNIMO A JOSUÉ
Josué 1 → Levanta-te (v. 2), Esforça-te e tem bom ânimo(v. 6,7,9,18), Não se aparte da Lei (v. 8), Não temas, nem te espantes (v. 9), o SENHOR é contigo, o SENHOR não de deixará, nem desamparará (v. 5).

RÚBEN, GADE E A MEIA TRIBO DE MANASSÉS
Josué 1:10-18 → As 3 tribos que já haviam conquistado suas terras mantêm a promessa a Josué de ajudar Israel a conquistar Canaã (Números 36).

CRONOLOGIA DOS FATOS DOS 2 ESPIAS EM JERICÓ:

Josué 2:1 → 2 espias são escolhidos e enviados à Jericó

Josué 2:1,15 → Os 2 espias se hospedam na casa da prostituta Raabe, que ficava sobre o muro

Josué 2:2,4,6 → Raabe esconde os 2 espias no telhado, entre as canas de linho

Josué 2:2 → O rei recebe notícias dos espias e envia seus guardas à casa de Raabe

Josué 2:4 → Raabe despista os guardas

Josué 2:7 → Antes que o portão de Jericó se fechassem, os guardas reais saem em busca dos espias, ao sair o portão se fecha

Josué 2:8-13 → Raabe vai conversar com os espias, narra os feitos do SENHOR e pede proteção a ela, seus pais e irmãos, com um sinal.

Josué 2:14,17-20 → Os espias fazem um acordo, de que se não fossem denunciados, Raabe e todos que estivessem dentro da casa dela seriam salvos, do contrário eles ficariam desobrigados do acordo.

Josué 2:21a → Raabe concorda.

Josué 2:18 → Os espias combinam que o cordão vermelho na janela seria o sinal pedido por Raabe.

Josué 2:1 → Os 2 espias dormem na casa de Raabe.

Josué 2:16,21,15 → Raabe orienta aos espias a se esconderem no monte por 3 dias e depois seguirem caminho. Ela pega o cordão vermelho e ata na janela para fazê-los descer.

Josué 2:22 → Os guardas reais de Jericó voltam sem achar os espias.

Josué 2:22 → Os espias fazem como Raabe orientou: ficam 3 dias escondidos no monte, chegam ao acampamento israelita são e salvos, e dão o relatório a Josué.

Josué 6:22-25 → A família de Raabe se hospeda na casa de Raabe e ficam lá até Jericó ser conquistada. Enquanto Israel rodeava Jericó, eles viam o cordão vermelho pendurado. A parte do muro onde ficava a casa de Raabe foi a única parte do muro que ficou de pé. Os 2 espias retiram a Raabe, sua família e seus bens. Eles ficaram fora do arraial até purificar-se. Raabe se casou com Salmon, príncipe em Judá (Mt 1:5).

A TRAVESSIA PELO MEIO DO RIO JORDÃO
Josué 3 e 4 → Deus avisa a Josué como seguiriam viagem pelo meio do Rio Jordão, de Sitim partem e param em frente ao Rio Jordão cheio. Josué pede para o povo se santificar. No dia seguinte os sacerdotes saem na frente com a Arca da Aliança, quando tocam os pés na água, a água forma um paredão de um lado e escorre para o mar do outro, os sacerdotes param no meio do rio esperando todo o povo passar a 1 km de distância. Josué ordena aos 12 príncipes das tribos para retirarem 12 pedras do meio do leito seco do rio para servir de testemunho. Esse grande milagre teve como objetivo mostrar ao povo que Deus era com Josué.

GIBEATE-ARALOTE E GILGAL
Josué 5:1-9 → “Gibeate-Aralote” significa “Monte dos Prepúcios”, lugar onde os israelitas que nasceram no deserto se circuncidaram. Esse local era próximo a “Gilgal”, nome dado pelos israelitas, que significa “revolver”, porque o SENHOR disse a Josué que havia tirado a vergonha da escravidão do povo no Egito. Gilgal também traz o significado de “Círculo de Pedras”, provável local onde ficaram as pedras de testemunhos retiradas do meio do rio Jordão.

A CELEBRAÇÃO DA PÁSCOA E O MANÁ:

Josué 5:10-12 → Dia 14 de abibe, ano 1422 a.C., o povo celebrou a páscoa.

Josué 5:11 → No dia 15 de abibe, o povo comeu do fruto da terra, pães asmos e espigas tostadas.

Josué 5:12 → No dia 16, o maná cessou.

O PRÍNCIPE DO EXÉRCITO DO SENHOR E JOSUÉ
Josué 5:13-15 → O Príncipe do Exército do SENHOR, aceitou a adoração de Josué, o que significa que Aquele era o Filho de Deus. Essa aparição do Príncipe do Exército do SENHOR nas proximidades de Jericó, Sua identificação e ordem de descalçar as sandálias, significou para Josué, o mesmo que havia significado para Moisés no Monte Horebe, as Palavras de Deus na sarça ardente e os pés descalçados. A posição de liderança deles era totalmente submissa a Deus.

A CONQUISTA EM JERICÓ
Josué 6 → O Senhor dá ordens específicas a Josué:

  1. Por 6 dias os homens de guerra rodeiam Jericó 1 vez

  2. No 7º dia, 7 sacerdotes, com 7 buzinas de carneiros, seguido pelos sacerdotes segurando a Arca da Aliança, e após os homens de guerra, rodeiam os muros 7 vezes.

  3. Na 7ª vez, as buzinas tocam, o povo grita, os muros caem e os guerreiros avançam para destruírem Jericó.

  4. De Jericó salvar somente a Raabe, sua família, seus bens e o ouro, prata, vasos de metal e ferro, que seriam consagrados ao SENHOR.

A CONQUISTA EM AI
Josué 7 e 8:1-29 → Ai, era uma cidade pequena e desprotegida. Josué envia alguns espias e segundo o relato 3mil guerreiros bastavam para conquistá-la. 36 soldados foram feridos, e a tropa voltou envergonhada. Deus revela a Josué que o motivo da derrota foi o pecado escondido. Lançaram sortes e descobriram que Acã havia ficado com 1 capa babilônica, 2,5kg de prata, 1 barra de ouro com pouco mais de 500g de Jericó. Acã, com sua família, capa, prata e ouro, morreram apedrejados e queimados no Vale de Acor (Vale do Conturbado).
O SENHOR ordena como conquistariam:

  1. Armar emboscada atrás da cidade com parte do exército.

  2. O exército principal ataca Ai e depois se deixa ser perseguido, levando o exército inimigo para longe da cidade.

  3. O exército que estava atrás da cidade, invade a cidade desprotegida e a incendeia.

  4. Dessa vez era permitido ficar com os despojos: tesouros e animais.

12 mil habitantes de Ai morreram, e seu rei foi enforcado.

RENOVAÇÃO DA ALIANÇA
Josué 8:30-35 → A cerimônia da bênção e maldição sobre os Montes Ebal e Gerizim foi realizada conforme a ordem do SENHOR (Dt 11:26-32; 27:11-26, 28). A Lei foi escrita e lida para todo o povo.

OS GIBEONITAS ENGANAM JOSUÉ E OS PRÍNCIPES
Josué 9 e 10:2 → Gibeão era uma cidade real, grande, com mais outras 3 cidades sob seu domínio, Cefira, Beerote e Quiriate-Jearim, e todos os seus homens eram valentes. Ao ouvir os grandes feitos do SENHOR, temeram ser destruídos e usaram de engano. Eles foram a Gilgal, onde estava o acampamento de Israel, e disseram ser de uma cidade longe dali e conseguiram fazer aliança de paz com Josué e os príncipes de Israel, porque estes não consultaram ao SENHOR. O povo não ficou satisfeito quando descobriu que eles seriam a próxima cidade a ser conquistada. Josué e os príncipes, então, mantiveram a vida deles, mas fizeram dos gibeonitas rachadores de lenha e tiradores de água para o povo e para o altar.

A GUERRA CONTRA 5 REIS
Josué 10:1-27 → Esses 5 reis se juntaram e atacaram Gibeão por fazer aliança com Israel:

  1. Adoni-Zedeque, rei de Jerusalém

  2. Hoão, rei de Hebrom

  3. Pirão, rei de Jarmute

  4. Jafia, rei de Laquis

  5. Debir, rei de Eglom

Os gibeonitas pedem ajuda a Israel, Josué com o exército de Israel saem ao socorro e pegam os 5 reis com seus exércitos desprevenidos. Eles ficam conturbados e o SENHOR pelejou por Israel.
2 milagres aconteceram:

  1. Quando os exércitos inimigos fugiram uma saraiva de grandes pedras, enviadas pelo SENHOR, mataram mais homens do que à espada.

  2. O sol e a lua não seguiram seu curso natural por aproximadamente 12h a mais, porque SENHOR atendeu ao pedido de Josué. Esse foi o dia mais longo da história da humanidade.

Os 5 reis se esconderam numa cova em Maquedá, Josué enforcou os 5 reis e deixou eles pendurados no madeiro até a tarde, conforme Deuteronômio 21:22-23.

MAIS 7 CIDADES SÃO CONQUISTADAS
Josué 10:28-43 → Josué e o exército de Israel avançaram conquistando as cidades de Cades-Barnéia a Gaza, de Gósen a Gibeão:

  1. Maquedá

  2. Libna

  3. Laquis

  4. Gezer

  5. Eglom

  6. Hebrom

  7. Debir

A GUERRA CONTRA JABIM, REI DE HAZOR, E SEUS CONFEDERADOS
Josué 11 → Jabim, rei de Hazor, convocou: Jobabe, rei em Madom, o rei de Sinrom, o rei de Acsafe, os reis do norte em Arabá, Sefelá, Nafote-Dor, cananeus do leste a oeste, amorreus, hititas, ferezeus, jebuseus das montanhas, heveus do Hermom; para unirem seus exércitos contra Israel. Deus falou a Josué que os derrotaria. Josué matou a Jabim à espada e queimou ele e a cidade de Hazor. Todos esses povos foram destruídos à espada, os israelitas ficaram com os despojos, somente não destruíram as cidades que ficavam nas colinas. Tudo conforme a ordem de Deus (Dt 20:10-20).

EXTENSÃO TERRITORIAL E REIS CONQUISTADOS
Josué 12:1-6 → reis destruídos por Moisés são listados:

  1. Seom, rei dos amorreus, em Hermom e suas cidades

  2. Ogue, rei em Basã e suas cidades

Josué 12:7-8 → A extensão territorial conquistada abrangia o atual Estado de Israel, a Faixa de Gaza, parte do Egito, a Síria, a Jordânia e a Cisjordânia, no Oriente Médio.

Josué 12:7-24 → 31 reis destruídos por Josué são listados pelos seus reinos:

  1. Jericó

  2. Ai

  3. Jerusalém

  4. Hebrom

  5. Jarmute

  6. Laquis

  7. Eglom

  8. Gezer

  9. Debir

  10. Geder

  11. Horma

  12. Arade

  13. Libna

  14. Adulão

  15. Maquedá

  16. Betel

  17. Tapua

  18. Hefer

  19. Afeca

  20. Lasarom

  21. Madom

  22. Azor

  23. Sinrom-Merom

  24. Acsafe

  25. Taanaque

  26. Megido

  27. Quedes

  28. Jocneão

  29. Dor, em Nafate-Dor

  30. Nações de Gilgal

  31. Tirza

A REPARTIÇÃO DA TERRA CONQUISTADAS
Josué 13-19 → Realizada por sortes, pelo sacerdote Eleazar, Josué e os líderes de cada tribo.

ORDEM DE RECEBIMENTO DA HERANÇA

TRIBOS

CIDADES CONQUISTADAS

GENTIOS NÃO EXPULSOS

1

1 (Moisés)

Rúben

Seom, Moabe

2

2 (Moisés)

Gade

Ogue, Gileade

3

3 (Moisés)

Metade da tribo de Manassés

Gileade, Basã

Gesureus e maacatitas

4

1 (Josué)

Judá

93 cidades

Jebuseus em Jerusalém

5

2 (Josué)

José: Efraim e a outra metade da tribo de Manassés

Terras altas centrais da Palestina, 10 quinhões para Manassés

Cananeus de Gezer, ficaram como tributários

6

1 (velhice de Josué)

Benjamim

26 cidades e suas aldeias

7

2 (velhice de Josué)

Simeão

17 cidades e suas aldeias

8

3 (velhice de Josué)

Zebulom

12 cidades e suas aldeias

9

4 (velhice de Josué)

Issacar

16 cidades e suas aldeias

10

5 (velhice de Josué)

Aser

22 cidades e suas aldeias

11

6 (velhice de Josué)

Naftali

19 cidades e suas aldeias

12

7 (velhice de Josué)

18 cidades e suas aldeias

ACSA
Josué 15:16-19 → Acsa, antes de se mudar para a terra que seu pai, Calebe, havia dado a Otniel e a ela, foi inspecioná-la, e verificou a falta de água. Então, pediu ao pai uma terra com fontes de águas, o qual foi concedido por Calebe, fontes de águas nos montes e vales.

A PEDRA DE BOÃ
Josué 15:6 e 18:17 → Provável marco de sepultura em memória à vida de Boã, filho de Rúben. Essa pedra fazia divisa entre os territórios de Judá e Benjamim.

AS FILHAS DE ZELOFEADE
Josué 17:3-6 → As filhas de Zelofeade (Números 27:1-17 e 36) voltam agora a Josué para requerer sua herança. Elas receberam suas heranças em sua tribo, Manassés. Foram as primeiras herdeiras do sexo feminino em Israel.

LOCAL DO TABERNÁCULO
Josué 18:1 → O povo partiu de Gilgal e se concentrou em Siló, enquanto esperava a terra ser conquistada e distribuída. O Tabernáculo foi armado definitivamente em Siló, território da tribo de Efraim. Foi em Siló que foi lançado sorte para a distribuição das terras.

3 HOMENS DE CADA TRIBO SÃO ESCOLHIDOS PARA MEDIR A TERRA
Josué 18:4,9 → 36 israelitas mediram a terra e registraram tudo num livro em 7 partes.

AS TERRAS ESCOLHIDAS POR JOSUÉ E CALEBE
Josué 14:6-15; 15:12-19; 19:49-50 → Calebe escolheu a cidade que há 40 anos tinha espiado, Hebrom. Seu sobrinho, Otniel, conquistou Debir e se casou com sua filha Acsa. Josué pediu a cidade de Timnate-Sera, a qual reedificou e habitou.

AS CIDADES DO REFÚGIO E DOS LEVITAS
Josué 20-21 → Conforme a ordem de Deus são separadas cidades e o campo ao redor, em cada tribo para os levitas, como também as cidades de refúgio ao homicida culposo, que ficava na responsabilidade dos levitas.

LEVITAS

CIDADES DOS LEVITAS NAS TRIBOS

CIDADE DE REFÚGIO

Coatitas da família de Arão

(sacerdotes)

9 em Judá* & Simeão

4 em Benjamim

TOTAL: 13 cidades

*Quiriate-Arba, em Hebrom na tribo de Judá

Coatitas

4 em Efraim*

4 em Dã

2 em Manassés ao oeste

TOTAL: 10 cidades

*Siquém, na tribo de Efraim

Gersonitas

2 em Manassés ao leste*

4 em Issacar

4 em Aser

3 em Naftali*

TOTAL: 13 cidades

*Golã, em Basã, na tribo de Manassés

*Quedes, na Galileia, na tribo de Naftali

Meraritas

4 em Zebulom

4 em Rúben

4 em Gade*

TOTAL: 12 cidades

*Ramote, em Gileade, na tribo de Gade

DESTAQUE PARA JOSUÉ 21:45:

“Palavra alguma falhou de todas as boas coisas que o Senhor falou à casa de Israel;
tudo se cumpriu.” Josué 21:45

EDE, O ALTAR DE TESTEMUNHO
Josué 22 → Josué abençoou e despediu as 3 tribos, Rúben, Gade e metade de Manassés, que tinham suas possessões ao leste. Essas 3 tribos erigiram um altar por nome “Ede”, “testemunho”, sem comunicar às outras tribos. Isso gerou problemas, pois a ordem do SENHOR era de que o único altar erigido era no Santuário (que ficou em Siló) e as demais tribos não sabendo do motivo queriam guerrear contra eles, receando o juízo de Deus. O sacerdote Eleazar, os príncipes e líderes de cada tribo foram antes à Rúben, Gade e Manassés, inquirir sobre o altar. Ao saberem da resposta os ânimos se acalmaram e então, o altar ficou, não para sacrifícios e holocausto, mas como testemunho de que as 3 tribos ao leste, pertenciam ao povo e herança do SENHOR.
CHAMPLIN (2000), nos oferece algumas considerações sobre o assunto.
Princípios Ensinados pelo Incidente:

1. É bom sermos zelosos quanto à verdadeira espiritualidade.

2. É bom buscarmos a unidade com base na retidão.

3. Discussões abertas e francas podem esclarecer muitos pseudoproblemas.

4. Devemos aproximar-nos dos ofensores com espírito de gentileza, e não com arrogância (Gl. 6.1).

5. Uma resposta suave (gentil) desvia a ira (Pv 15.1), e assim podem ser evitados tanto a ira quanto os pensamentos descaridosos.

6. As bênçãos de Deus são derramadas sobre aqueles que andam em concórdia, exercendo sua fé religiosa em meio à verdade e à sinceridade.

7. A presença de Deus faz-se necessária para que haja alguma espiritualidade legítima. O altar do Senhor deve estar em nosso coração.

CONSIDERAÇÕES FINAIS:

Josué 23 → Josué exorta o povo a seguir e obedecer a Deus, provavelmente essa reunião aconteceu em Siló.

Josué 24:26-28 → Josué erigiu uma grande pedra como testemunho debaixo do carvalho, junto ao Santuário, em Siló. As palavras dele e do povo ficaram registradas na lei de Deus.

Josué 24:1-25 → Josué faz aliança com o povo de servirem unicamente a Deus. O local dessa reunião foi em Siquém, local onde os ossos de José foram enterrados (Gn 50:24-25; Êx 13:19).

Josué 24:26-28 → Josué erigiu uma grande pedra como testemunho debaixo do carvalho, junto ao Santuário, em Siló.

JOSUÉ MORRE
Josué 24:29-31 → Josué viveu 110 anos, foi enterrado na terra que recebeu em herança, Timnate-Sera, no Monte de Efraim (sua tribo). A morte do sacerdote Eleazar também é registrada.

REFERÊNCIAS CONSULTADAS

BÍBLIA DE ESTUDO APLICAÇÃO PESSOAL. Versão Almeida Revista e Corrigida. Ed. 1995. São Paulo: CPAD, 2010.

BÍBLIA SAGRADA: Anote: Revista e Corrigida na Grafia Simplificada. 1ª ed. Editora Central Gospel: Santo André, São Paulo, 2009.

BÍBLIA SAGRADA: Nova Versão Transformadora. 1. ed. São Paulo: Mundo Cristão, 2016.

CHAMPLIN, Russell Norman. Dicionário A-Z. São Paulo: Hagnos, 2001. Vol. 6 e 7.

CHAMPLIN, Russell Norman. O Antigo Testamento Interpretado: VERSÍCULO POR VERSÍCULO: Josué. São Paulo: Hagnos, 2001. Vol. 2.

DAVIS, John D.. Dicionário da Bíblia. Rio de Janeiro: Casa Publicadora Batista, 1965.

BIBLE JOURNALING: COMO PREPARAR A PÁGINA DA BÍBLIA

Se você está apaixonada pelo Bible Journaling como eu, então se preocupa em fazer toda sua arte sem maltratar as frágeis páginas da Bíblia. Os lápis de cor, pastéis secos, canetas e marcadores gel, maquiagens, são boas opções para ilustrar sem enrugar a página, nem vazar tintas. Mas, é possível preparar a página para receber tinta nanquim, aquarelas, todo tipo de canetas hidrográficas, tintas acrílicas, com produtos que impermeabilizam e protegem a página da Bíblia.

Fuçando a internet, encontramos várias dicas de como usar todo tipo de tinta impermeabilizando a página da Bíblia para não vazar nem enrugar. Então, separei os melhores produtos nacionais que podem ajudar. Os produtos são bem em conta e analisando cada um, você pode encontrar o que mais se adequar ao seu tipo preferido de arte:

PRODUTO

POSITIVO

NEGATIVO

ARTE

VERNIZ SPRAY FOSCO

INCOLOR

Protege e impermeabiliza muito bem a página (não deixa vazar tinta);

Aplicação prática;

Não enruga a página;

Seca rápido;

Depois de seca, a página fica com o mesmo aspecto;

Pode usar outra camada de spray de verniz para proteger uma tinta solúvel da outra.

Cheiro muito forte na hora da aplicação;

O verniz deixa um leve cheiro na página;

A aquarela (bisnaga) não fica legal, como a página está impermeabilizada a tinta não é absorvida, entretanto, com os lápis aquareláveis funciona muito bem.

Ótimo com caneta nanquim, marcadores, canetas hidrográficas, lápis aquareláveis, gelatos, lápis de cor, pastel seco ou oleoso, tintas acrílicas…

GESSO TRANSPARENTE

Protege e impermeabiliza muito bem a página (a tinta é um leve fantasma no verso);

Odor suave;

Seca rápido com secador;

Depois de seca a página fica transparente e com um leve brilho acetinado.

Exige aplicação cuidadosa;

Enruga um pouco a página;

Forma uma leve textura na página.

Ótimo com caneta nanquim, marcadores, canetas hidrográficas, aquarelas, lápis aquareláveis, gelatos, lápis de cor, pastel seco ou oleoso, tintas acrílicas

GESSO ACRÍLICO BRANCO

Protege, cobre e impermeabiliza completamente a página (cria uma camada que veda a página);

Aspecto fosco e poroso;

Seca rápido com secador;

Depois de seca a página fica branca.

Exige muito cuidado na aplicação para não causar estragos na página ou melar tudo;

Enruga um pouco a página;

Odor de tinta acrílica;

O gesso cria uma leve textura na página;

A página fica com 2 tons de branco.

Ótimo com caneta nanquim, marcadores, hidrocor, aquarelas, lápis aquareláveis, gelatos, lápis de cor, pastel seco ou oleoso, tintas acrílicas.

COLA GEL TRANSPARENTE

(para papel)

Protege e impermeabiliza muito bem a página;

Odor suave.

Exige aplicação cuidadosa;

Enruga um pouco a página;

Demora para secar;

Depois de seca a página fica com aspecto “plástico” e brilhante;

 

Funciona bem com marcadores, canetas hidrográficas, nanquim; perfeito para colar guardanapos estampados e colorir com gelatos.

Obs.: Todos os produtos obtiveram esses resultados depois da 2ª demão.

COMO FAZER?

SEPARE OS MATERIAIS:

  • Produto escolhido: Verniz fixador fosco em spray, ou gesso transparente, ou gesso acrílico, ou cola gel.
  • Pincel Espuma, ou esponja de maquiagem, ou ainda esponja de lavar pratos
  • Pasta L Plástica ou outro material plástico, para proteger as outras páginas na hora da aplicação
  • Alternativo: secador de cabelo

PASSO A PASSO – VERNIZ FOSCO EM SPRAY:

Observações: A Bíblia deve estar deitada para não escorrer verniz pela página. Prefira um local aberto e arejado para aplicar o spray. Leia e siga as orientações do rótulo.

PASSO A PASSO – GESSO TRANSPARENTE:

Observações: Prefira aplicar o gesso transparente em toda a página, para evitar ficar com 2 texturas. Evite tocar na página molhada para não rasgar. Quando a página estiver secando, alise a página levemente para minimizar as rugas. O modo de aplicar a cola gel é o mesmo.

PASSO A PASSO – GESSO ACRÍLICO:

Observação: Note que só usei o gesso acrílico nas laterais cobrindo as pautas e marca d’água. Se eu usasse o gesso acrílico em toda a página, cobriria todo o texto.

ONDE COMPRAR:

 

Existem outras marcas de verniz spray fosco, mas essa da Corfix foi a melhor de todas. O preço também está bem em conta, algo em torno dos R$ 25,00. Caso não encontre nas lojas de sua cidade, compre pela internet: CASA DA ARTE

 

Esse gesso transparente da Corfix é a marca mais em conta que encontrei, o preço sugerido é de R$ 25,60. Infelizmente está meio em falta até na internet. Comprei na loja Arteria, que é loja física (SP) e virtual também. Minha encomenda chegou muito rápido e o atendimento lá é excelente. ARTERIA FACILEME

Você encontra o famoso Clear Gesso usado pelas americanas em sites internacionais: Prima Marketing e Amazon USA

 

O gesso acrílico que usei foi da Acrilex, mas outra marca consegue o mesmo resultado. Ele é facilmente encontrado em papelarias, com preço médio de R$ 12,00. Se desejar comprar pela internet aqui vão algumas opções: CASA DA ARTE

 

As que testei foram a Cola Gel da Glitter e a ‘Multcolage’ da Acrilex, pode ser de outra marca, desde que seja para papel e transparente (uma vez comprei uma meio amarelada, que não deu o mesmo resultado). Ela é bem baratinha (preço médio de R$ 6,00) e é facilmente encontrada nas papelarias.

Esse post vai sendo atualizado à medida que surgirem novos produtos no mercado. 😉